sábado, abril 25, 2009

Aquela paz que antes me dominava,

foi embora novamente, abrindo um buraco escuro em meu peito. Estava confiante demais, sabia que aquela dor não tinha ido definitivamente embora, sabia que ela estava ali, junto comigo, esperando o momento para aparecer e tornar minha vida uma sombra, sem cores, uma vida sem vida se é que é possivel de intender.As lágrimas que eu demorei para conseguir controle sobre as mesmas, desmoronaram assim, esforço em vão. Sabia que eu não conseguiria ser feliz assim. Sabia que a dor voltaria e me atormentaria. Acho que vou teque me acustumar novamente com a dor dentro de mim, uma companhia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escrever é esquecer. A literatura é a maneira mais agradável de ignorar a vida.

Obrigado por postar sua opinião.
Retribuirei a visita.

beijiinhos