terça-feira, abril 28, 2009

Ilusão.

E o que mais me irrita em mim mesma, é as ilusões falsas que eu crio na minha cabeça. E quando eu vejo que nada disso vai ser desse jeito, eu me desespero. Ele é como meu ar, não consigo viver sem ele. Pode até ser comparado com um tipo de heroina, feita especialmente pra mim. Eu sei, na verdade acho que fui eu que mais errei, devia ter demosntrado mais, ter dito " te amo" mais vezes, mas agora e tarde demais, ele deve estar nos braços de alguem QUE NAO TE FAZ ELE FELIZ :@

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escrever é esquecer. A literatura é a maneira mais agradável de ignorar a vida.

Obrigado por postar sua opinião.
Retribuirei a visita.

beijiinhos