quinta-feira, maio 14, 2009

Tarde chuvosa.

E mais um dia faltei a escola de novo. Eu sei que é errado mentir que ainda está doente em pró a meu benefício próprio. Mas quem aguenta aquela ditadura? preciso de férias. O tempo tá bem como eu pedi que fosse. Chuvoso,frio, só falta a névoa e a neve para se tornar perfeito, mas neve não cai no Brasil, o brasil é um pais tropical, acho que nasci no pais errado então. Desde ontem de noite,seguindo o conselho de uma amiga,retornei a falar com ele. Pensei que dentro de mim se dispertaria uma fúria,raiva,ódio,rancor, mas não, o único sentimento que transpareceu em mim foi a saudade. Saudades daquele tempo, onde era só eu e você e o resto do mundo não importava mais. Mas nao demonstrei a saudade que estava em mim. Aparentei-me muito bem, bem disposta,feliz,com um humor ótimo. E com essa finjição do meu humor acabou0 realmente melhorando o meu humor. Agora, já aquele sentimento de frustração não domina minha mente nem minhas atividades normais,de uma pessoa normal, comer,dormir,ir pra escola e tal. Eu ainda sinto aquela falta e tudo mais, mas acabei intendendo que eu vou terque ser paciente de um certo modo, não adianta eu querer me matar, nada vai funcionar,nada vai voltar como era. Então calma,paciência.Eu sinto a falta dele, mas é como se o meu cérebro tivesse definitivamente intendido que ele esta com outra e que eu não posso fazer nada pra mudar isso e bibibi. Eu não me sinto totalmente viva ainda, mas finjo estar bem disposta, me engano, é melhor para mim e para todos que me rodeiam (eu garanto). A vida é cheia de escolhas contraditórias e acho que,não tem como saber o que virá junto com essa escolha, podendo ser bom ou podendo ser terrivelmente ruim :~. Mas isso é vida. chorar,sofrer,se arrepender e quando tu aceita é um passo a mais para a tua maturidade física.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escrever é esquecer. A literatura é a maneira mais agradável de ignorar a vida.

Obrigado por postar sua opinião.
Retribuirei a visita.

beijiinhos