quinta-feira, junho 25, 2009

As vozes nunca estão satisfeitas.

As vozes querem me dominar,elas gritam em minha cabeça.Tento tampar os ouvidos, mas não adianta.Elas zombam de mim quando eu caio,quando deixo-me ser manipulada por você. Deus,você acredita?.Eu já não sei mais.A cada segundo,minhas críticas,crenças mudam e isso me confunde.E o que eu posso fazer? nada.Não há o que fazer.
As vozes nunca estão satisfeitas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escrever é esquecer. A literatura é a maneira mais agradável de ignorar a vida.

Obrigado por postar sua opinião.
Retribuirei a visita.

beijiinhos