domingo, junho 21, 2009

Sou uma boneca em suas mãos.

Pra você tudo é tão fácil,sou como uma boneca em suas mãos.Uma boneca que você brinca quando está entediado.Você tem idéia do que é ser seu brinquedinho? pior é que eu permiti ser usada. Suas palavras me dominam de uma forma, que me deixam tonta e confusa, sem ter noção de nada, e você faz isso de uma forma tão dolorida que faz parecer fácil me manipular.
Essa vontade de gritar esta matando por dento.
O que me machuca agora pode ter certeza que me fortalecera, um dia.
Mais um domingo sem cor.Mas um dia vivido em vão.Não sei mais o que fazer. Mas, mesmo eu acreditando que o tempo não cura nada,não resolve nada, vou deixar que o tempo passe. E quando isso passar, será que ainda vou ter esse carinho? ou no fim vou ter desprezo por ti?.
Você era como meu sol, me fornecia aconchego,calor.Acho que por isso que agora eu detesto o sol.
O que antes era meu abrigo, agora é o motivo da minha fuga.


Um punhal veloz,o sangue espesso se recusa a jorrar,nem vi chegar,as marcas ficam pra poder me lembrar. (Meu lugar-Envydust)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escrever é esquecer. A literatura é a maneira mais agradável de ignorar a vida.

Obrigado por postar sua opinião.
Retribuirei a visita.

beijiinhos