domingo, agosto 23, 2009

Desabafo.

Há tempos venho procurando alguma coisa para que eu possa me fortalecer,já que aquela esperança,força e felicidade que havia em mim ,alguém frio e totalmente sem coraçao consegiu destruir de uma maneira que nem em 5.000 anos eu conseguirei recompor.E por mais que eu tente,eu não consigo.Eu sou uma maldita fraca que não consegue dizer não pra ninguém,mesmo sendo a mais prejudicada depois.
Eu sou uma bonequinha que todo mundo usa e machuca. E o que eu faço? ah, sim, nada.Aquela que tu brinca quando ta intediado e quando acha alguma coisa melhor me joga fora.E o pior de tudo é que eu deicho.Não faço nada para impedir.
Que droga! porque ninguém tenta me matar?eu nao aguento mais esse sofrimento ecoando em minha cabeça.Eu não aguento essas lembranças embaçando minha mente.Eu não aguento tentar sair desse imenso buraco.Quanto mais eu tento sair,mais eu me afundo.Quanto mais eu tento sair dessa obscuridão e ir em direção ao sol,mais as sombras me pucham.
Eu só penso em mim,eu sou uma loira fútil sem cérebro.Eu magoo as pessoas á minha volta.Eu não sei mais o que fazer.Eu só queria ter paz.Eu só queria que a minha vida fosse calma a como mêses atrás era.Sem terque optar entre escolhas,sabendo que no fim,aguém eu vou magoar.

Essas feridas tem se sarar. Elas precisam sarar.

Por favor,alguém me ajude a sair desse inferno.Meus pulsos estão sangrando e eu não consigo estancar o sangue.Eu não tenho força.Por favor,não me deixe aqui sangrando.


Ouvindo: Planos e promessas-Fresno

4 comentários:

  1. "Eu sou uma maldita fraca que não consegue dizer não pra ninguém,mesmo sendo a mais prejudicada depois."
    Amei e me encaixei demais com essa parte.
    Nossa miga, nem sei o que dizer. Essas 'fases' são fodas; Só que, não posso impedir de você cair, mas prometo estender a mão para que possa levantar! Perfeito aqui ;*

    ResponderExcluir
  2. 'Aquela que tu brinca quando ta intediado e quando acha alguma coisa melhor me joga fora.E o pior de tudo é que eu deixo'

    Me sinto exatamente assim.Perfeito o que tu escreveu.E pra que tu precisar tu pode contar comigo Mariie.

    ResponderExcluir
  3. gostei do teu texto, mas acho que tudo tem solução, é só tu querer, saber ouvir o certo e ignoraros errados, se tu quer tu sempre concegue!

    ResponderExcluir

Escrever é esquecer. A literatura é a maneira mais agradável de ignorar a vida.

Obrigado por postar sua opinião.
Retribuirei a visita.

beijiinhos