domingo, agosto 16, 2009

Lágirmas perturbadoras.

As lágrimas eram pertubadoras.Elas escorriam sem eu querer.Elas não secavam.Pareciam intermináveis.Uma dor súbita abrangeu meu coração (se é que da para chamar um buraco vazio feito de gelo de coração)me deixando sem ar.Me deixando impaciente.Apenas com a vontade de abrir fendas.Para ver se essa dor parava de latejar dentro do meu peito.

Um comentário:

Escrever é esquecer. A literatura é a maneira mais agradável de ignorar a vida.

Obrigado por postar sua opinião.
Retribuirei a visita.

beijiinhos