terça-feira, outubro 20, 2009

Adeus para sempre.


Já havia anoitecido e eu nem tinha visto.Pouco me importava se era dia,ou noite.Que diferença faria?.Se você não estava mais ao meu lado.Seu lado da cama esta vazio.Seu cheiro ainda predomina em meus lençóis.Vago pela casa sem vida.Sem a tua presença ela se torna tão vazia.O silêncio me atormenta.As lembranças da noite passada passam em minha mente.
Ainda não consigo acreditar que isso é de fato,real.Parece que em algum momento você ira entrar por aquela porta, e tudo continuará perfeito,como sempre foi.Como você pode ser tão cruel comigo,sabendo que eu era irrevogavelmente apaixonda por você?.Contando-me a verdade seria melhor que implantar em minha mente que estava tudo bem,e enquanto eu virava as costas,você estava com outra.
Ontem,quando você entrou por aquela porta, eu sabia que havia alguma coisa errada.Seus olhos estavam frios.O brilho que sempre me cativou, tinha sumido.Sua voz não soava mais tão doce.Menos ainda depois daquelas palavras,que funcionaram com um punhal sobre mim.
Quando você disse, "Ju,eu não te amo mais.Esses últimos 4 mêses foram uma farsa,eu sempre estive com outra.Minhas reuniões eram mentiras.Eu sei que isso não foi legal,me desculpa, mas agente precisa terminar" Parecia que meu mundo estava desabando.Minhas pernas de repente ficaram trêmulas, e eu não sentia maiso chão.Foi quando eu cai nõ chão.E com um susurro de "adeus" você fechou a porta, e se foi para nunca mais voltar.

2 comentários:

  1. É minha amiga...eu mesmo já havia parado de desejar que ela nunca tivesse deixado o lado da cama que a pertencia pra abrir um buraco na catraca de ferro que se tornou o meu coração depois disso..

    Adorei o seu jeito de escrever...abração...

    ResponderExcluir
  2. Tá escrevendo cada vez melhor meu bem *-*

    adorei, muito lindo! Bom mesmo!
    e tadinha dela :/

    ResponderExcluir

Escrever é esquecer. A literatura é a maneira mais agradável de ignorar a vida.

Obrigado por postar sua opinião.
Retribuirei a visita.

beijiinhos