terça-feira, novembro 03, 2009

Afundar

Sinto você aqui comigo,
embora possa estar tão longe.
Imagino o teu abraço,
e o vazio em meus braços,
faz brotar lágrimas em meus olhos.

Grito teu nome em meio a solidão.
Escuto a tua voz.
Não.Não.
Apenas mais uma iluão.

Seu perfume permance no ar,
mas você não está aqui.
Você se foi novamente.
Caminho e não te encontro.

Tua imagem permanece em minha mente.
Meus pensamentos não se cessam.
Algo se move atrás de mim.
Oho pra trás na esperança de te encontrar,
mas é apenas o vento
a bater furiosamente contra minha pele.

Avisto sua somra lá na frente.
Vou correndo a seu encontro.
Droga! era uma miragem.

Olho para baixo,
Vejo um penhasco sem fim
Me jogo
afundando-me em mim.


*Eu sei que não ficou bom,mas foi a única coisa que conseguir escrever as 5 da manha .-.

4 comentários:

Escrever é esquecer. A literatura é a maneira mais agradável de ignorar a vida.

Obrigado por postar sua opinião.
Retribuirei a visita.

beijiinhos