segunda-feira, janeiro 18, 2010

E essa abstinência, uma hora vai passar.

Enquanto estava imersa em pensamentos.Distante, em um mundo muito longe daqui, a chuva começou a cair,molhando e esfriando cada centimentro do meu corpo.As lágrimas rolaram naturalmente,e eu senti-me completamente vazia.Naquele momento,até a dor tinha me abandonado.Olhei para o céu, e ele tristemente se manifestava entre trovejadas e rajadas de vento que cortavam minha pele,sem dó.Ao meu lado estava meu coração,parado,destroçado,quebrado,rasgado.Aquele ser minúsculo já não tinha mais vida.
Tudo estava escuro a minha volta.Estava tudo em um perfeito e assustador silêncio.Sentia meus músculos latejarem e meu corpo se arrepiar com o vento nada piedoso que soava em furia ao redor de mim.Escutava as folhas dançarem ao vento.Escutava os palpites do meu coração. A cada batida, eu o sentia mais fraco.Sentia-lo se desconectando de meu corpo. Acho que já passara mais de horas que eu estava ali,deitada em meio a escuridão.Mas, do que importaria as horas nesse momento ?.Já não me importava mais nada..Apenas o que tinha sobrado em mim era angustia,traumas e medos.
Eu sempre fora forte.Mas faz 5 anos que tudo mudou.Desde que as vozes começaram a habitar minha cabeça e interagir comigo eu me senti perdida.Perdida dentro de mim mesma.E desde então não consigo me achar.Não consigo separar o que é real e o que é irreal da minha mente.
A cada suspiro você invade meus pensamentos.Você entra em minha mente, e fica ali.Eu tento te expulsar,mas é em vão.Suas últimas palavras passam aleatoriamente em minha mente.
Eu pensava que conseguiria te arrancar de dentro de mim.Mas eu nao consigo,e toda vez que eu tento eu me machuco mais ainda.Não luto para te esquecer, já que eu sei que eu nao vou conseguir.Não luto mais para tentar parar de pensar em você já que você virou tão constante em minha mente que nem aquelas malditas vozes.Só queria saber quando tempo eu vou teque conviver com essa dor,essa angustia em meu peito até eu te esquecer,Como eu vou conseguir partir para um novo amor se é em você que eu penso.
Eu queria te dizer que eu estou arrependida e que eu te amo demais e é impossivel viver sem te ter.Queria dizer que eu amo o jeito meigo que você falava comigo.Os teus sorrisos que eram tão lindos.O brilho do teu olho que ofuscava o resto do mundo.Queria dizer que em teus braços eu me sentia segura,feliz e completa.Queria dizer que o resto do mundo não importa.E que se eu tiver você eu nao preciso de mais nada.Eu queria dizer tanta coisa.Queria dizer que faz 1 ano que eu sou completamente,incondicionalmente e irrevogavelmente apaixonada por você.Queria dizer tanta coisa... e no fim, eu acabo muda pela falta de coragem.

6 comentários:

  1. Oh Marie!
    Simplesmente amei seu comentário e seu blog.
    É triste, mas tão belo!

    Acabamos fazendo uma postagem bem parecida hoje... =) que legaal! ^^

    Estou a te seguir, e queria te pdir duas coisas .. primeira é se puder, tente me seguir de novo, tava sem configuração meu blog =/ e segundo, porém ainda mais importante: Posso colocar seu blog na minha lista de sempre lendo??
    -Tomara que sim!

    Um grande beijo!

    ResponderExcluir
  2. já que não pode lutar contra esse amor, então lute a favor desse amor...O que vc tem a perder??Diga pra ele tudo que sente... e seja o que Deus quiser...
    "e o meu coração se acostumou a sonhar com você" essa é uma música que eu gosto muito, seu post me fez lembrar dela...
    bjocas

    ResponderExcluir
  3. "Ao meu lado estava meu coração,parado,destroçado,quebrado,rasgado.Aquele ser minúsculo já não tinha mais vida."
    Não sei o que vc está passando, mas eu estou sentindo algo bem parecido... Bom, acontece! Não queria que fosse desta forma, nem pra mim, nem pra vc...
    Mas, como não podemos mudar tudo, seguimos esperando tudo mudar.
    Queria ter esse poder, saber o que ele pensa, o que ele sente...
    Seus olhos me enganam agora.
    Bom, espero que melhore e não desista, eu não desisti! Confie em vc e no que sente... vai dar tudo certo!

    Bjinhus

    ResponderExcluir
  4. Flor , muito obrigada pelo carinho lá no blog ta ?

    Teu texto como sempre , maravilhoso !

    ResponderExcluir

Escrever é esquecer. A literatura é a maneira mais agradável de ignorar a vida.

Obrigado por postar sua opinião.
Retribuirei a visita.

beijiinhos