terça-feira, janeiro 26, 2010

Pergunta que não quer se calar

Eu olho pro relógio e vejo as horas passarem.Olho para o portão de casa e vejo que você não vai voltar.Olho para o céu, e fecho os olhos.Sinto em meu peito,meu coração apertado,pulsando apressadamente tentando acalmar as lágrimas que agora rolam de meus olhos.Me sinto fria e vazia.
Tento juntar os cacos partidos do chão, do que um dia eu podia chamar de coração, mas eles se tranformaram em pequenas cerras, que cada vez que tento toca-las,elas me machucam e me cortam.
O ar que passa por dentro de meus pulmões lateja,fazendo-se doer por onde passa.Fazendo-me ficar inconsciente.Minha mente continua vagar através das lembranças que ensistem em se passar dentro de mim.E fica a pergunta dentro de mim.Será que você já me esqueceu ? será que ainda você sente algo por mim ? ou será que eu eu já sou uma carta descartada em seu baralho ?.

Gente, o acampamento foi muito legal, pena que choveu no último dia.Fiz novas amizades.Distrai um poco minha cabeça, mas também voltei com outras perguntas dentro de mim. Não consegui postar ontem porque cheguei super cansada. beeijiinhos.

9 comentários:

  1. - acho esses acampamentos super legais :D e espero que o seu tenha te feito bem querida (:
    escrevendo cada vez melhor, meldels *-*!
    beijo, beijo.

    ResponderExcluir
  2. Fico feliz que tenha dado tudo certo no acampamento, exceto no último dia ne´??
    É sempre bom mudar a rotina...
    bjos

    ResponderExcluir
  3. Ollá menina linda, amei seu cantinho, amei sua visita, e amei seu coração, vc é uma pessoa linda, de alma, de tudo, nos mostra que sentimentos e poesia afloram em qualquer tempo, idade, vc é perfeita, conte comigo sempre, e olha, nós somos diferentes sim, pq vemos as coisas com outros olhos, os olhos da alma e do coração, e quero ver esse coraçãozinho sempre alegre tá? bjãoooo linda.

    ResponderExcluir
  4. Gostei do jeito que você escreve. Sou novo por aqui, mas vim pra ficar, hehe.

    Parabéns pelo texto. grande beijo.

    ResponderExcluir
  5. Muitaas vezes, mesmo sabendo que perdemos, mesmo tentando nos consolar, sabendo que esse tal que quebrou nosso coração não merecia muita atenção ou algum carinho... mesmo sabendo disso, nos torturamos, nos dizemos variaas vezes que fooi nossa a culpa... E variias vezes custa para voltaarmos ao comum ...
    Prós e contra.

    ResponderExcluir
  6. São perguntas que eu já me fiz. E tive medo de ter as respostas. Fechava os olhos, e chorar era inevitável. :/

    Gostei muito do seu blog, estou seguindo você!

    :) Beijos

    ResponderExcluir
  7. "Olho para o portão de casa e vejo que você não vai voltar."
    O pior, olhar, procurar e não achar.

    BJinhuss
    adorei o texto

    ResponderExcluir

Escrever é esquecer. A literatura é a maneira mais agradável de ignorar a vida.

Obrigado por postar sua opinião.
Retribuirei a visita.

beijiinhos