sexta-feira, maio 21, 2010

Enfim, uma mudança

Com o passar desse tempo, houve muitas mudanças em mim. Muitos surtos, muitas decepções.
Achei que não seria capaz de me erguer novamente.
Pensei que essa fase, nunca mais iria passar.
Então, achei uma forma que deu certo : o tempo.
Confesso que, nunca acreditei no tempo,
Já que todas aquelas lembranças, ainda sim, permaneciam dentro de mim, intactas.
Mas, confesso também, que eu nunca me ajudei.
Eu queria esquece-lo, mas não queria o retirar de dentro de mim.
E ntão, a cada suspiro, tristes lembranças, enchiam minha mente.
Eu mergulhava numa interminável angustia.
Estava saturada por inteira.Saturada de monotomia e pensamentos suicidas.
Minha alegria, não existia mais.
Um sorriso verdadeiro, fazia tempo que eu não via em minha face sombria.
Então, decidi mudar.
Sabia que se eu deichasse tudo para o tempo resolver, eu ia ficar ali, no mesmo lugar.
Eu devia ter percebido tudo isso antes, mas estava cega. Eu mesma estava destruindo, tudo que um dia eu pude cultivar.
Mas, percebi a tempo.E começei a mudar.
Passado ? se é passado não tem motivo para estar no presente.
Vivo agora, antes que o dia acabe,
e o futuro ? ah, vou viver meu presente, e deixar o futuro, pro destino.
Sei que tenho minhas recaidas.
Afinal, não é tão fácil superar um vício, que está a mais de três anos contigo.
Mas eu sei que vou conseguir.

* To voltando pro blog gente, de noite, respondo todos os comentários de vocês.
beijos, beijos

4 comentários:

  1. Comcerteza você haverá de superar este vício... afinal, já estás há bastante tempo vivendo em crise de abstinencia, concordas? rs

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. É claro que irá superar! ^-^

    bjão e bom fim de semana =^.^=

    ResponderExcluir
  3. Parabéns, Você escreve muito Bem, gostei dos textos que li, você tem um sentimentalismo muito incomum e agradável, espero ver outros textos inspiradores por aqui ♥

    ResponderExcluir

Escrever é esquecer. A literatura é a maneira mais agradável de ignorar a vida.

Obrigado por postar sua opinião.
Retribuirei a visita.

beijiinhos