quarta-feira, maio 26, 2010

Não nego

Não nego que ainda não penso em ti.
Que ainda eu não aprendi a viver sem você.
Que eu ainda tenho ciúmes.
Que eu ainda tenho medo de te perder, mesmo não te tendo.
Que há noite, quando fico imersa em pensamentos dolorosos, tenho vontade de gritar teu nome, para você vir me salvar.
Que a vida se tornou mais vazia depois que você se foi.
Que Restart se tornou a pior banda existente, já que ela me traz lembranças tuas.
Que chuva, lembra você.
Não nego que ainda me pego antes de dormir, pensando nos planos que a gente fazia sobre o nosso futuro...
e é tão estranho, pensar em ti como uma pessoa normal, não mais como uma parte de mim.
Eu me sinto meio vazia ainda, aquele lugar que você ocupou uma vez, ainda está ali, ninguém entra, não deixo ninguém entrar.

8 comentários:

  1. Eu sei muito bem como é isso viu. =/ Sei como é pensar nele assim, sei como é odiar e amar uma musica, uma banda ao mesmo tempo, sei como é ter essa vontade de gritar e ser salva por aquele que um dia foi metade da gente...
    Enfim =/ Sei muito bem como é isso.
    Adorei
    Beijoos
    Mandy

    ResponderExcluir
  2. "Não nego.. Que Restart se tornou a pior banda existente, já que ela me traz lembranças tuas." +1

    Parabéns pelo blog, sempre me identifico, hi. Beijos.

    ResponderExcluir
  3. que liindo teu texto, me identifiquei bastante=x
    adorei =*

    ResponderExcluir
  4. Ahhhh Adoreiii...
    mt bonito ^^.

    Gostei bastante menina. PARABÉNS.

    BJinhuss

    ResponderExcluir
  5. Que lindo! *-*
    Não negue, mas continue em frente.

    bjão =^.^=

    ResponderExcluir
  6. não nego que toda hora que eu explodo e digo chega,eu ainda no fundo penso vai da certo! "/

    ResponderExcluir
  7. Seus textos... sempre cheio de revelações e misterios de um amor intenso porém platõnico!

    No fundo, torço para que supere o amor que sente... e que encontre um novo maor, mais bonito para te inspirar.


    Beijos

    ResponderExcluir

Escrever é esquecer. A literatura é a maneira mais agradável de ignorar a vida.

Obrigado por postar sua opinião.
Retribuirei a visita.

beijiinhos