terça-feira, junho 15, 2010

Filme de terror

Era uma noite vazia.E eu apreciava a chuva que caia do céu escuro. As gotas da chuva se misturavam com as lágrimas que escorriam do meu semblante triste.Eu estava cansada, mas estava com medo de dormir. Então, a chuva era como o meu refugio.Eu ficava ali, imersa em pensamentos.Imersa em lembranças que um dia eram felizes, e agora se tornaram amargas, iguais as lágrimas que hoje deixo cair.
O tempo se passa lentamente, a chuva parou, e o dia começou a clarear, senti um aperto em meu coração, até a chuva, que eu tanto adorava, tinha me deixado.Suspirei, exausta.Novamente passei mais uma noite sem dormir.Apenas com a saudade tomando espaço em meu peito.Eu estava começando a me acostumar com o torpor que tomava meu corpo todos os dias, fazendo-me ficar acordada por tanto tempo. E eu estava cansada.
Meu corpo não aguentava mais.Minha mente girava,e  minhas pernas tremiam. Eu estava ficando perturbada, mas se eu fechasse os olhos o filme de terror recomeçaria, as cenas iam se repetir.E eu não iria aguentar passar por tudo de novo.

Um comentário:

  1. Ahhh, gostei mt...
    Mt bem escrito, mt bom de ler.
    Gostei

    Bjinhuss

    ResponderExcluir

Escrever é esquecer. A literatura é a maneira mais agradável de ignorar a vida.

Obrigado por postar sua opinião.
Retribuirei a visita.

beijiinhos