terça-feira, agosto 03, 2010

Dentro de mim...

Olhos opacos que perderam o brilho desde que você se fora, miram o céu distante, me perdendo em pensamentos que eu rezo para esquecer. O vazio que abrange o lado de fora da minha janela me dá medo. O silêncio simétrico combina com a chuva que agora cai, tudo se foi... apenas o que restou, foi o amor que eu sinto por ti.Minha mente implora pra te esquecer, mas meu coração, mesmo estraçalhado, luta para não te deixar ir embora,de dentro de mim...

Um comentário:

  1. que lindo, quando chegamos a esse ponto de brigarmos contra nossa própria vontade, pode crer que o amor chegou*

    beijos

    ResponderExcluir

Escrever é esquecer. A literatura é a maneira mais agradável de ignorar a vida.

Obrigado por postar sua opinião.
Retribuirei a visita.

beijiinhos