quinta-feira, agosto 19, 2010

Gorda


Tristes lembranças passam pela minha cabeça.Meu coração apertado, lateja dentro do meu peito.Meu corpo machucado luta para permanecer de pé.E o reflexo em meu espelho, mostra o que eu não queria ver.Meus olhos permanecem vazios,e minha pele está opaca.Há cortes profundos.E alguns ainda estão sangrando.E as gorduras insistem em permanecer aqui.Não sei qual foi a ultima vez que comi, ou pronunciei alguma palavra. As vozes gritam em minha cabeça " gorda,gorda,gorda" e eu nao consigo as expulsar.






Obs: um texto fictício ok ? rs

2 comentários:

  1. Oi, desculpa não passar aqui mais.
    não estou tendo mt tempo e da ultima vez travou, e nem consegui.
    Bom, sobre o texto... gostei do texto! ^^
    Adorei dps... o fctício rs
    Por pouco acreditei :O rs

    BJinhuss

    ResponderExcluir
  2. Se não tivesse escrito no finalzinho, juraria que acreditaria.

    ResponderExcluir

Escrever é esquecer. A literatura é a maneira mais agradável de ignorar a vida.

Obrigado por postar sua opinião.
Retribuirei a visita.

beijiinhos