quinta-feira, setembro 09, 2010

Apenas papéis

Me vejo perdida, fitando as paredes do meu quarto.As horas passam, e eu não vejo. As lembranças me prendem há uma imensa dor.O tique taque do relógio soa inevitavelmente cruel. Me perco no tempo lá fora. Não sei se é dia, se é noite, se está chovendo, se há sol.Ao meu lado há folhas amassadas,canções que eu fiz pra ti ouvir antes de dormir, e hoje não são mais nada que apenas papéis. 

6 comentários:

  1. Nossa, a gente se tranca no nosso mundinho de dor e solidão e esquece as coisas bonitas....Vamso fazer novas musicas e escuta-las com um lindo sol*

    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. concerteza melhor remedio,e olha que eu achava que isso era so mito!

    ResponderExcluir
  3. A folhas amassadas tão belas! Não foram guardadas na pasta, esquecidas, foram sentidas e vividas...

    ResponderExcluir
  4. Olá, querida
    Já fiz muito isso, acredite!
    Mas agora, aproveito tudo de bom ou de não tão bom.... tudo foi vivido e postado, corajosamente.
    Seja feliz e abençoada!
    Um grande abraço fraterno pra vc junto aos seus.

    ResponderExcluir

Escrever é esquecer. A literatura é a maneira mais agradável de ignorar a vida.

Obrigado por postar sua opinião.
Retribuirei a visita.

beijiinhos