sexta-feira, novembro 19, 2010

Buraco

parecia que eu tinha voltado a habitar o fundo daquele imenso buraco escuro e frio.
o sol desaparecera, o calor também.
tudo a minha volta era molhado e sujo.
não conseguia pedir ajuda, eu gritava, mas ninguém poderia me ouvir, muito menos sair da li.
estava ficando fraca. minha esperança estava indo embora, as lágrimas haviam secado, e só a dor permanecia ali comigo
e eu não sabia o que fazer.
estava assustada demais para fazer algo.

3 comentários:

  1. Oi florzinha
    Seu blog está lindoo!! E seus textos como sempre maravilhosos...
    Uma hora essa madrugada fria vai passar, o sol vai parecer...e a alegria, a coragem e a esperança vão se reunir um dia e voltar a fazer parte da sua vida.
    Tudo de bom pra ti amore=) Tenha um ótimo final de semana. Beijinhus <3

    ResponderExcluir
  2. O visual do seu blog tá muito showww!

    Lindão!

    Adorei!

    Bjinhos

    Nina

    ResponderExcluir
  3. Olá, Como está, querida?
    Desejo que melhor!!!
    Vou fazer uma semana de reflexões, a partir de amanhã, com textos sobre o silêncio, acompanha,tá?
    Saudações com votos de paz e alegria no fim de semana.

    ResponderExcluir

Escrever é esquecer. A literatura é a maneira mais agradável de ignorar a vida.

Obrigado por postar sua opinião.
Retribuirei a visita.

beijiinhos