terça-feira, janeiro 04, 2011

Linhas e mais linhas

Linhas e mais linhas tentando decifrar a cura para re-compor um coração partido que está em pedaços.E nada.Nenhum resultado.Nenhuma solução.Mas, e o vazio ? o que fazer com o vazio que corre por entre minhas veias? a dor sumiu. A saudade se foi.Tudo se acalmou. Mas porque ? preferia a dor e a saudade do que esse terrível vazio que consome meu corpo e afoga minha alma.A ilusão virou uma triste, porém verdadeira realidade.Linhas e linhas tentando me achar.Tentando juntar e colar cada caquinho de mim que está jogado ao chão.Buscando entender.Entender porque não lateja mais.Quando latejava era sinal que meu corpo ainda pulsava.Quando doia conseguia o sentir aqui perto.E agora que eu não sinto nada ? estou perdida. Parece que meu mundo foi destruído numa explosão catastrófica e só sobrou eu, no meio do nada, tentando entender o que havia acontecido.

10 comentários:

  1. Já me senti assim, é mesmo estranho, e como se tudo aquilo que nos fizeste viver nunca tivesse existido, nos deixando esse vazio.
    Mas saiba, que em cada busca por entendimento, você está plantando uma sementinha que logo germinará e fazerá em você florescer novamente novos sentimentos, primeiramente direcionados à você mesma, e depois à alguém.

    ResponderExcluir
  2. Talvez não entenda, mas certamente superará.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Querida amiga

    Hoje a minha visita
    é para agradecer.
    Cada visita sua ao meu espaço
    de sentimentos,
    inspira alegrias em
    minha vida,
    e leva o que de melhor
    existe em mim.

    Sua amizade é preciosa
    em minha vida,
    e há de continuar a ser
    neste novo ano
    que está nascendo.

    ResponderExcluir
  4. ai ai...quantas vezes me senti assim. mas passa. tudo passa. até coisas boas são passageiras. encare como um capítulo. assim que virar a página outro capítulo imprevisível lhe aguarda. beijaaao

    ResponderExcluir
  5. Que lindo o seu blog. Seu post diz exatamente tudo. A gente busca tanto o alívio da dor que quando encontra o vazio percebe que não é aquilo que queríamos. Seguindo, beijos :*

    ResponderExcluir
  6. quando o vazio, é sinal de que você tá pronta pra preenchê-lo ;)

    beijas :*

    ResponderExcluir
  7. Socorro
    Arnaldo Antunes
    Composição: Arnaldo Antunes/Alice Ruiz

    Socorro!
    Não estou sentindo nada
    Nem medo, nem calor, nem fogo
    Não vai dar mais pra chorar
    Nem pra rir...

    Socorro!
    Alguma alma mesmo que penada
    Me empreste suas penas
    Já não sinto amor, nem dor
    Já não sinto nada...

    Socorro!
    Alguém me dê um coração
    Que esse já não bate nem apanha
    Por favor!
    Uma emoção pequena, qualquer coisa!
    Qualquer coisa que se sinta...
    Tem tantos sentimentos
    Deve ter algum que sirva
    Qualquer coisa que se sinta
    Tem tantos sentimentos
    Deve ter algum que sirva...

    Socorro!
    Alguma rua que me dê sentido
    Em qualquer cruzamento
    Acostamento, encruzilhada
    Socorro! Eu já não sinto nada...

    Socorro!
    Não estou sentindo nada [nada]
    Nem medo, nem calor, nem fogo
    Nem vontade de chorar
    Nem de rir...

    Socorro!
    Alguma alma mesmo que penada
    Me empreste suas penas
    Eu Já não sinto amor, nem dor
    Já não sinto nada...

    Socorro!
    Alguém me dê um coração
    Que esse já não bate
    Nem apanha
    Por favor!
    Uma emoção pequena qualquer coisa!
    Qualquer coisa que se sinta...
    Tem tantos sentimentos
    Deve ter algum que sirva
    Qualquer coisa que se sinta
    Tem tantos sentimentos
    Deve ter algum que sirva...

    ResponderExcluir

Escrever é esquecer. A literatura é a maneira mais agradável de ignorar a vida.

Obrigado por postar sua opinião.
Retribuirei a visita.

beijiinhos