sábado, fevereiro 26, 2011

Se eu soubesse que era o ultimo beijo

Pareço tão perdida, eu perdi a noção do que era certo e do que era errado, eu agi ouvindo meu coração, ignorando totalmente a razão. E hoje estou aqui, de novo com meu coração aos pedaços.

Machuca saber que você não e mais meu. Machuca muito sim. Posso parecer que estou nem ai, mas os meus lábios que sorriem escondem o meu olhar que por dentro quer chorar. Você me deixou sozinha novamente. Abandonou-me num barco furado. E você ainda me observa de longe, implorando perdão e mais uma, de milhões de chances que eu já te dei. Meu coração mesmo cansado, sempre cedia e voltava atrás. Eu estava aos pedaços e você me pisava ainda mais, mesmo sem perceber.

Sempre tentei dar o melhor de mim.Eu estava ali quando você precisava falar, mas preferia contar seus problemas para sua amiga.Eu oferecia minha ajuda, e você a negava.Quantas noites eu passei sozinha, esperando uma ligação sua, dizendo que se importava comigo, e essa ligação nunca aconteceu.Quantas vezes eu precisei de você, e você reclamava que eu estava chata e nao lhe dava atenção ?. Eu sempre fiquei ali, de pé. Fechava meus olhos. Nao ouvia o que todo mundo me falava ao seu respeito. Eu acreditava em seus olhos, mesmo um dia já tendo mentindo para mim. Eu fiz ate o impossível para ficar ao seu lado.E quando eu já estava exausta, eu lhe dei uma chance, e você a desperdiçou como se não fosse nada. Eu estava disposta a esquecer de tudo e começar do zero.

E acabou, o laço desmanchou. Mas não posso negar que eu o ainda sinto aqui dentro de mim, que eu ainda me importo, e que ainda choro por você todas as noites. Que eu me contorço em minha cama vazia, por não ter o calor e o conforto dos teus braços, o seu cheiro e a sua voz pertinho de mim.

Confesso que não estou aguentando o vasto silencio e as noites vazias que ficaram desde então. Confesso que ainda fico esperando o celular tocar, e no msn a sua janelinha aparecer falando oi amor. Confesso que todas as musicas que tocam, eu lembro de ti, sendo calma ou não. Que ainda vejo você me imitar quando eu estava irritada e depois me abraçar, roubando um beijo meu. Confesso que tudo ficou vazio sem você aqui. Que apesar de você ter me causado todo esse sofrimento, meu coração ainda bate é teu. Confesso que eu não sinto mais vontade de nada, perdi a vontade de viver e meu amor próprio. Para que me arrumar, para que sorrir, se não vai ser para ti ?. Confesso que todos os dias, eu engano a todos com um lindo sorriso em meu rosto. E que eu tento juro, eu tento te esquecer de todas as formas, e nenhuma e forte o bastante para destruir o amor que eu sinto por você.

Todas as nossas lembranças eu lembro muito bem. Cada pequeno detalhe. Do jeito que você me olhava, seus olhos pareciam brilhar mais intensos, eu podia sentir que era de verdade. Do que jeito que você falava. Dos seus assuntos, que eu não intendia completamente nada. Lembro da primeira vez que a gente ficou, e de quando você me pediu em namoro. Lembro da nossa primeira briga, e de como tudo ficou bem depois. Lembro-me de todas as sextas. Lembro de que quando você me dizia eu te amo meu coração acelerava. Lembro-me do show do cachorro grande, que você odiava, e me fez sair do show pra ficar com você. Lembro-me de tudo, exatamente todos os detalhes, como se fosse ontem. E do nosso ultimo beijo, se eu soubesse que era o ultimo, eu teria te abraçado tão forte e ter falado para não partir. Teria olhado no fundo dos seus olhos e te falar o quanto eu te amo e o quanto você significa pra mim.

Mas, quando lembro isso, lembro que você prometeu que nunca mais iria me magoar. E eu acreditei. E no mesmo dia você vai lá e fica com outra. Quando eu me lembro disso tenho vontade de falar tudo que esta entalado dentro de mim. Do quão idiota você e as vezes. De como eu odeio quando você não me da atenção e não me liga todas as noites pra dizer um boa noite. De como eu tenho ódio por você ter ficado com a minha melhor amiga. Por você ter me mentindo olhando no fundo dos meus olhos. Tenho vontade de falar pra você ir embora e sumir da minha vida, mesmo sabendo que se eu fizesse isso, eu não conseguiria mais viver.

Mesmo o não tendo comigo, mas tendo o meio por perto, sabendo que você esta bem, e o bastante. Quando você estiver feliz, o que restou do meu coração vai estar em paz. Mesmo não sendo feliz ao meu lado.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escrever é esquecer. A literatura é a maneira mais agradável de ignorar a vida.

Obrigado por postar sua opinião.
Retribuirei a visita.

beijiinhos