sexta-feira, julho 22, 2011

Seus olhos que sempre mentiram.



Pensei que seria impossível ficar sem você. Nos primeiros dias, a dor queimava por entre minhas veias, e suas lembranças permaneciam vivas em mim. Não conseguia esquecer seus olhos, que sempre mentiram.
Eu implorava para tudo isso passar. Eu me contorcia em minha cama vazia, e chorava.
O tempo começou a passar, e hoje eu não consigo lembrar com exatidão da testura da sua pele.. do seu cheiro.. da sua voz.. do calor dos seus braços... Apenas consigo me lembrar dos seus olhos castanhos, frios, que demonstravam fúria. Aqueles olhos que por mêses me mentiram descaradamente.

3 comentários:

  1. Simplismente uma obra de artee !! =)

    ResponderExcluir
  2. Os atores mentem com os olhos, talvez essa cena tenho sido tomada como realidade. Mas que bom que você viu o que é real.
    Suas palavras se encaixam nos sentimentos e sentidos. Muito lindo o que você escreve.

    ResponderExcluir

Escrever é esquecer. A literatura é a maneira mais agradável de ignorar a vida.

Obrigado por postar sua opinião.
Retribuirei a visita.

beijiinhos