quarta-feira, junho 11, 2014

Uma dessas pessoas que entram e fazem bagunça

E no meio de uma brincadeira de um caso proibido, você desmanchou minha barreira de gelo de uma maneira tão fácil e sucinta que quando eu vi, era tarde demais. Quando eu me dei por conta, todas as letras de músicas faziam sentido. A vontade de estar contigo já era maior que tudo. E eu tinha uma necessidade imensa de te ver todos os dias. Só que começou errado. Eu não podia ter levado isso para frente, porque eu sabia que apesar de todas as suas palavras de amor, eu estava e ainda estou amando sozinha. Você não abriu mão de nada por causa de mim. Você diz que me ama, mas suas atitudes se contradizem. 
Eu queria te dar um amor, que talvez eu nem tenha para dar. E apesar de todas as mágoas e pedras no caminho eu continuo aqui, com o coração rasgado te esperando se decidir.
Tem sido você desde o dia que eu te conheci. Eu sabia que no instante que te vi pela primeira vez, eu teria que me afastar. Não poderia te conhecer. Eu sabia que você carregava alguma coisa que me fascinou de uma maneira absurda. Eu me apaixonei e esqueci de levar meu cérebro junto. Fui colocando tantos pontos finais ''em nós'' que no fim, acabamos cheios de reticências. E eu prometo todos os finais de semanas que na segunda feira eu não vou mais te olhar, nem te querer perto de mim. E toda segunda feira eu quebro essa promessa. A vontade de estar perto de ti é maior que meu orgulho e por mais que meu coração esteja em pedaços não consigo te deixar ir embora. Eu poderia te abraçar pra sempre, e mesmo assim não seria o suficiente. E sei que eu preciso por um ponto final definitivo, te arrancar da minha vida e do meu coração. Porque o ''nós'' nunca vai existir. Nós nunca seremos nós. Nossa história não passa de um passa tempo. Não temos uma história. E mesmo quando eu conseguir te deixar para trás e estar com outra pessoa, sempre vai existir um momento que eu vou lembrar de você e vou sentir falta do seu sorriso e do teu abraço. Mas a culpa é tua. Você me tem nas mãos e parece não cuidar disso. Você está fazendo de tudo para me perder. Só não espere eu ir embora para perceber que é ao meu lado que você quer ficar, porque por enquanto eu ando pondo reticências nisso tudo, mas no momento em que eu decidir te deixar para trás, eu não volto atrás. Você tinha tudo para ser uma das pessoas mais importantes que eu já conheci e me relacionei, mas você está preferindo ser só mais uma dessas pessoas que entra em nossa vida e faz bagunça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escrever é esquecer. A literatura é a maneira mais agradável de ignorar a vida.

Obrigado por postar sua opinião.
Retribuirei a visita.

beijiinhos